Rosa dos Ventos

Categoria

Limpar

Taiti, Tikehau e Rangiroa

Taiti, Tikehau e Rangiroa
Taiti, Tikehau e Rangiroa
Taiti, Tikehau e Rangiroa
Taiti, Tikehau e Rangiroa

As águas de azul inebriante continuam o desejo de grande parte dos viajantes que busca curtir a Lua de Mel em um destino que tenha todas as qualidades de um paraíso esquecido na Terra. E nessa lista, além da transparência da água, somam-se um ambiente tranquilo, descolado, com gastronomia de alta qualidade e um povo que inspire-os a desejar ficar para sempre. Se do alto, de certa forma, já é possível antecipar grande parte deste itens, imagina quando se coloca os pés nas praias da Polinésia Francesa. Com lugar reservado no coração dos amantes da natureza, o Taiti integra uma região privilegiada do Pacífico Sul, de mais de quatro mil quilômetros quadrados, destinada a quem sabe curtir todos os segundos de sol e vida.

A estrela local continua sendo a mundialmente famosa Bora Bora, levada a todos os cantos do planeta através de suas águas, mas também, por acomodar alguns dos resorts mais fantásticos de que se tem notícia. Celebrar o amor aqui ganha contornos mágicos, afinal, resorts da bandeira Four Seasons ensinam a arte de bem receber, e convidam para bangalôs sob lagoas, piscinas privativas e experiências gastronômicas singulares, como um jantar privativo para o casal à beira mar, sob o luar. Para além das fronteiras hoteleiras, Bora Bora se transforma em um parque diversões, com pacotes para mergulho com capacete, trilhas em carros 4x4 e jet ski, e passeios de helicóptero. Em outros hotéis de Bora Bora, como os da rede InterContinental, a moda é selar o momento romântico da lua de mel no jardim botânico, onde encontram-se fechaduras com os símbolos polinésios: tartaruga, o sol, a concha do mar e o lagarto.

Quando se está no território da Polinésia Francesa, todas as direções – de norte a sul – revelam um novo tesouro. Uma prova disto é a viagem que leva a Tikehau, um atol formado por uma centena de ilhotas, de onde provém os peixes que alimentam os mercados do Taiti. Por aqui, além da beleza óbvia que se espalha em todos os 360 graus, aproveita-se um dia de mergulho com tubarões e peixes coloridos, e se houver interesse pela estadia, vale dizer que apesar das medidas tímidas, Tikehau é aquele lugar com trejeito de vila de pescador, então, espere pela igrejinha charmosa, pão feito na hora para o café da manhã e aquele mar que garante o melhor bom dia, todos os dias. Para acessar este atol é necessário um voo, de cerca de 50 minutos, a partir da capital Papeete.

Não muito distante de Tikehau, mas também acessível somente de avião, está Rangiroa, consolidada como o segundo maior atol do mundo, ou uma versão de parque de diversões para quem ama mergulhar e observar os tesouros da fauna marinha. Aliás, quem se aventura no fundo deste mar tem a chance de vivenciar uma experiência memorável, ao nadar com tubarões, os golfinhos, as tartarugas e os peixes-borboletas. Para seguir se surpreendendo, coloque no roteiro uma parada em Taha’a, conhecida como a ilha da baunilha, por um motivo bastante simples: 80% da baunilha taitiana é produzida aqui. O aroma se espalha naturalmente pelo ar desta simpática região, e certamente deixam as memórias mais doces.

Na volta para casa, uma paradinha em Los Angeles, nos Estados Unidos, é o ponto final para uma lua de mel espetacular. Há tempo para comprinhas no The Grove, alguns momentos dignos de celebridade na Calçada da Fama e, claro, aquele passeio por Beverly Hills.
O azul turquesa de Bora Bora a estrela mais famosa do Taiti

Curtiu? É hora de marcar um café aqui na MHTour, queremos transformar este sonho de viagem em uma vivência maravilhosa para guardar ótimas memórias!

Vale Conhecer:

  • . Air Tahiti Nui
  • . Ilhas Taha'a & Raiatea
  • . Ilha Huahine
  • . Papeete
  • Solicitar Orçamento

    Dicas e Sugestões MH Tour